Livros

Resenha: A Escolha.

Olá pessoal, tudo bem? Faz alguns dias que terminei de ler A Escolha e queria dizer que ainda não superei. Como uma boa fã dessa série tenho muito o que falar sobre as qualidades e sobre o quanto eu gostei do livro, mas também não posso deixar de lado os erros graves que a autora cometeu. (Cuidado, alerta de spoilers!)

America era a candidata mais improvável da Seleção: se inscreveu por insistência da mãe e aceitou participar da competição só para se afastar de Aspen, um garoto que partira seu coração. Ao conhecer melhor o príncipe, porém, surgiu uma amizade que logo se transformou em algo mais… No entanto, toda vez que Maxon parecia estar certo de que escolheria America, algum obstáculo fazia os dois se afastarem.
Um desses obstáculos era Aspen, que passou a ocupar o posto de guarda no palácio e estava decidido a reconquistar a namorada. Em encontros proibidos, ele a reconfortava em meio àquele mundo de luxos e rivalidades. Com essas idas e vindas, America perdeu um pouco de espaço no coração do príncipe, lugar que foi prontamente ocupado por outra concorrente. Para completar, o rei odiava America e a considerava a pior opção para o filho. Assim, tentava sabotar a relação dos dois, inventando mentiras e colocando a garota em prova a todo instante.
Agora, para conseguir o que deseja, America precisa cortar os laços com Aspen, conquistar o povo de Illéa e conseguir novos aliados políticos. Mas tudo pode sair do controle quando ela começa a questionar o sistema de castas e a estratégia usada para lidar com os ataques rebeldes.

A Escolha é o terceiro livro da série A Seleção (que para mim, é uma das melhores trilogias que já li) e ele muda totalmente nossa visão sobre essa série. Ao contrário dos livros anteriores, A Escolha é bem mais direto e esclarece muita coisa. Ao começar por America, que finalmente está decidida a ficar com Maxon de uma vez por todas, mas não é bem assim que a coisa acontece por conta dos milhares de empecilhos que os dois sofrem. America é muito insegura em relação a tudo, então fica em cima do muro, pois tem medo de desistir de Aspen, e no final não ser a escolhida de Maxon. e Maxon tem medo de se entregar a America e perceber que no final de tudo, ela não fosse a garota que ele realmente queria.

Além das incertezas se eles realmente se amavam, ainda tem o Rei Clarkson que fazia de tudo para que America fosse eliminada da Seleção. Os ataques rebeldes ao palácio aconteciam com muito mais frequência, e para acabar com isso de uma vez por todas Maxon e America tomam uma atitude inesperada, e pausa, sem o consentimento do Rei.

image

Kiera Cass consegue fazer um final surpreendente e nos deixar com o sentimento que nunca pensamos que teríamos por certos personagens. Ela vacila um pouco no esclarecimento sobre o que aconteceu com outros personagens e em algumas cenas, mas tenho a ideia de que foi para focar totalmente no romance, que é o que predomina no livro.

Enfim, recomendaria mais de cem vezes para cada um de vocês. A leitura não é nem um pouco cansativa e você fica completamente envolvida no livro ate acabá-lo. Cass é realmente uma das minhas escritoras favoritas.

image

Livro: A Escolha – Autora: Kiera Cass – Editora: Seguinte – Páginas: 350

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s